Quem é Senior e quem não é

Um dos primeiros objetivos de longo prazo da maioria dos desenvolvedores (ou desenvolvedoras) é alcançar a senioridade. Mas, apesar disso, poucos sabem o que de fato significa ser Senior. Nesse post focarei nessa dúvida comum.

E pra definir o que significa a senioridade, primeiro vou focar no que ela não é.

Experiência

A primeira característica que é, erradamente, associada aos Seniors é a experiência. No caso, a falsa associação é a de quem tem mais experiência na equipe é necessariamente a pessoa mais Senior.

É evidente que experiência pode ajudar - e muito! - à se alcançar a senioridade, mas esse não é um fator definitivo. Em outras palavras: é possível que um(a) desenvolvedor(a) tenha mais experiência que outro(a), mas não seja o(a) Senior da equipe.

As pessoas são diferentes: algumas aprendem mais rápido, outras gostam mais de estudar, outras simplesmente usam qualquer oportunidade de tempo livre pra se atualizar. Isso no longo prazo, faz com que uma pessoa com 5 anos de experiência possa ser mais Senior do que uma que tenha o dobro de experiência.

Então não, anos de experiência por si só não definem que é Senior.

Técnica

Outro fator que também não é garantia de indicar quem é o(a) Senior da equipe: ser tecnicamente superior. Dominar os fundamentos de computação, ou conhecer bem a tecnologia usada no projeto é algo que todos deveriam focar, e é óbvio, ajuda muito a se obter a senioridade. Mas nem sempre a pessoa que é a referência técnica da equipe é também a Senior.

Portanto, quem tem maestria na técnica ainda não necessariamente alcançou a senioridade.

Tempo de casa

O tempo de casa é um outro fator que costuma enganar. Uma pessoa, por ter um grande conhecimento dos processos internos da empresa, ou mesmo de um projeto, pode passar a impressão de ser Senior. Mas se você remover essa pessoa desse ambiente ela continuará Senior? Se a resposta for negativa, então é porque ela ainda não alcançou a senioridade, mas apenas trabalha num ambiente que é favorável.

A senioridade de fato

Bem, se todos os fatores acima não garatem a senioridade, então o que garante? Em resumo, uma única atitude: a pessoa mais Senior da equipe é aquela que mais ajuda a diminuir os riscos do projeto.

Projetos, ainda mais de software, tem tudo pra dar errado. Na verdade, falhar é exatamente o que acontece com a maioria deles. Isso faz com que empresas percam muito tempo e dinheiro. Portanto, a pessoa responsável por mitigar o máximo de risco do projeto dar errado, é a pessoa Senior da equipe.

Ela tem que entender o projeto por uma visão de alto nível, ela tem que saber se comunicar, ela tem que ter experiência pra identificar quando algo vai dar errado antes de acontecer, ela tem que saber as melhores ferramentas com base no problema a ser resolvido com um único objetivo: fazer com que o projeto não afunde.

E é isso, na minha opinião, que define a senioridade: redução de riscos.